sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

"Nunca sabemos para onde vamos. Nunca sabemos até onde podemos chegar, nunca conhecemos os nossos passos, mesmo quando pensamos que escolhemos os melhores caminhos. Tu vens e vais como um pássaro, voas como quem anda, ficas como quem mora e, quando partes, nunca dizes adeus. Penso sempre que é a última vez, mas depois há uma força que te faz voltar, e a cada regresso trazes-me mais conforto, mais paz, mais sabedoria. O que te faz voar até mim é um mistério que o mundo não consegue resolver."

Margarida Rebelo Pinto

2 comentários:

Sonhadora disse...

Como compreendo essas palavras...
Bem demais até...! ***

Renata disse...

Adorei, adorei, adorei, esta senhora, é qualquer coisa de brilhante !