sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

eu pelo Haiti

  



Nunca nenhum sismo me tinha tocado desta maneira. Eu não estava lá, e custa-me imaginar a grande dor que todas as pessoas que lá estavam sentirão. A única coisa que podemos fazer para poder ajudar estas pessoas que foram alvo deste violento sismo é através de contas bancárias. Mas, porque não podemos fazer campanhas, para recolher comida, roupas, medicamentos para podermos enviar para o Haiti? Eu sei que eles precisam de uma ajuda rápida, mas acho que não sou a única a dizer 'Ah eu gostava de ajudar...mas transferências bancárias'? De certo que se calhar é a maneira mais eficaz e mais cooperativa, mas não é possivel reunirmos em 3/4 dias comida, medicamentos, roupas, entregar a entidades de ajuda humanitária e eles tratarem de as fazer chegar ao Haiti? É só uma proposta. Que provavelmente recebe comentários como 'Ás tantas vamos recolher comida e roupas e a ... nem chega a enviar a nossa colaboração para o Haiti' ou 'Eles precisam de uma ajuda imediata'. E o dinheiro que vamos transferir vai chegar mesmo ao Haiti? O dinheiro não é tudo. Eles precisam de médicos, precisam de voluntários, de comida, de medicamentos, de roupas, de abrigo, de apoio. E antes do dinheiro acho que há outras maneiras de ajudar a comunidade do Haiti. É disto que falo, minha gente. E disto. Tudo isto é preciso.
Não há hospitais, e pouco resta. Já há confrontos por o que chega ao Haiti não ser o suficiente, ou não ser bem distribuído. Toda a ajuda é necessária.
Torna-se incrível ver tantos países a ajudar o Haiti, tantos milhões de pessoas sensibilizadas e dispostas a dar o seu contributo.
Saber como ajudar, aqui.

4 comentários:

Silvana disse...

eu fiquei horrorizada com a noticia, que catastrofe tão injusta, ver aquelas pessoas, inocentes e devastadas, sem nada...são coisas que mexem connosco, estamos aqui e não podemos fazer nada! é um sentimento horrivel.
revolta, angustia...o que poderemos fazer? apecete-nos tanto ajudar e ser últil.

MagicWoman disse...

:(

é de facto mto chocante!!

Chrystiee M. disse...

Esta situação é horrível, ninguém a podia prever, é certo, mas curiosamente estes desastres atingem sempre as populações mais fragilizadas.

Só me apetece agarrar em mim e pôr-me a caminho do Haiti.

Wahine disse...

Só soube há relativamente pouco tempo o que se tinha passado no Haiti. (não tenho visto televisão por causa dos exames :S)

E cheguei a pensar... fogo eu aqui com um corte no pé a queixar-me pq me doi quando o meto no chão e com todos os cuidados médicos e eles lá que tem membros completamente desfeitos e sem cuidados médicos precarios ou mm nenhuns. :S