quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Sei que este vai ser outro Natal diferente do normal. Ainda era pequenina, mas a começar pelo meu pai, o natal nunca mais fez sentido desde 97 por aí, e acabando an minha avó paterna. E o espirito cada vez é menos. Depois a avó materna e a mãe, apesar de não ter sido por esta altura, são pessoas que fazem sempre falta, para encher de amor.
É nesta altura que temos de dadar amor a quem mais gostamos, mas o que poderemos nós fazer se não o podemos demonstrar a quem já cá não está? Estas coisas também precisam ser ditas, desculpem.



Tenho é de comprar uma mansão, fazer meninos, para me alegrar vê-los a andar de um lado para o outro, ver a àrvore de Natal cheia de presentes, ver toda a familia reunida junto à lareira, ver muita gente a cozinhar, ver o amor que se espalha em vários m2 e que concerteza não se desperdiça!
Mas não é por não ser nada disso que amanhã à noite não vou estar acompanhada deles os 4, que não vamos estar na cozinha, que não vamos estar junto à lareira e que não vamos esperar até à meia noite para abrirmos os presentes (que eu pela primeira vez comprei, tirumrumtim!). Fora os doces, que não me escapam, já estou mesmo a ver. Mas vocês? Vocês não fiquem a olhar para mim? Façam calor humano, encham-se todos de amor, vejam muitos filmes, conversem muito, abraçem muito, dêm muitas prendas, recebam muitas, não se esqueçam de ninguém, cuidado com o tempo que para aí anda, e por aí fora e façam-me o favor de ter um BOM NATAL :)

2 comentários:

Saltos Altos Vermelhos disse...

Feliz Natallllllll! Muitas felicidades! ;) Merry Christmas!!!!

Mário disse...

Tal como para ti, o Natal não tem sido para mim o que era à uns bons anos atrás, mas quanto mais não seja é feriado e a malta não tem de ir trabalhar e come-se montes de coisas más...piores que os McNugets :)

Beijinho piolha!