terça-feira, 6 de outubro de 2009

e (não) foram felizes para sempre

porque a felicidade não é uma coisa eterna. Ás vezes surge de um momento prolonga-se por um tempo. Outras vezes vai e volta, mas nunca fica.
Tu também vies-te, e acabas-te por ir. Mas eu estou confiante que tu voltas, nem que seja uma ilusão, mas se foi possivel sonhar contigo e ter-te na realidade, porque não há-de ser possivel irmos mais longe?

Sem comentários: