terça-feira, 29 de setembro de 2009

Mais um dia

Em que alguém não apareceu. Não apareceu para fazer parte da minha vida. Não acordei com alguém ao meu lado, nem com nenhuma mensagem e muito menos com um telefonema. Não me encontrei com ninguém no parque de estacionamento, nem no banco de jardim, nem naquele corredor, nem no passeio.. Não me levaram a ver o pôr-do-sol nem me abraçaram para ver a chuva cair. Não me deram os miminhos saudáveis que tratam da saúde e que me fazem sentir segura. Não apareceu o tão desejado ramo de flores, nem o bilhete no correio, nem a carta no cacifo. Não vi os braços abertos preparados para neles me envolver. Não apareceram as palavras que me aquecem os ouvidos, que me dão a volta à barriga, que me fazem suspirar e desejar o próximo momento. Não ouvi aquela música nem os passos de alguém a chegar. Não senti os dedos entrelaçados com os meus nem ouvi o "Estou aqui". Não senti o toque dos lábios na minha face.. Não senti ninguém. Não senti nada. Mais um dia.

Sem comentários: