segunda-feira, 27 de julho de 2009

vale sempre a pena tentar (como a minha mãe sempre me disse)


Gosto de me aperceber que depois de algumas desilusões do passado, que para além de terem feito tentar com que valesse a pena, e por não terem dado resultado, aprendemos sempre mais uma coisa, que nos pode vir ajudar a valer a pena, num futuro.
Por isso, agora achei que valia a pena tentar, tentar por ti, por nós, mesmo omnipresentes... Mesmo apesar de dúvidas. Dúvidas que não me impedem de me mostrar o que sinto, de mostrar que estou disposta a alguma coisa... Mas que com as mesmas dúvidas, não estou disposta a tudo. E se digo isto, é porque sinto e enfrento o meu medo, mesmo ao dizer-te que gosto de ti.

3 comentários:

Rosie Dunne disse...

essas desilusões até são boas para o nosso presente

Hermione disse...

o 'problema' de gostar é que damos sempre mais uma oportunidade. mais uma chance...

Mário Duarte disse...

Podes ter a certeza...as relações que acabam mal dão-nos sempre mais uns "quilos" de experiência...