quinta-feira, 9 de julho de 2009


Uma vez um rapaz usou a sua melhor amiga (que o considerava como o melhor amigo) para se sentir bem porque ele e a sua namorada estavam mal. Pior do que não esquecer um primeiro amor é sofrer com ele durante tantos anos.
Estúpida também foi a melhor amiga que se deixou levar pelas suas conversas (da tanga) , e ser ingénua ao ponto de lhe dizer que sentia a sua falta e que nunca tinha tido uma paixão como a deles, pensando que isso o fazia largar a sua namorada e correr para os braços dela, para no dia a seguir, depois de toda a conversa, depois do que se tivera passado, ela lhe perguntar porque é que ele tinha mudado da noite para o dia, e ele lhe responder que ele no dia anterior estava em baixo por causa da namorada, mas que nesse dia já tudo se tinha resolvido e que muita coisa tinha mudado.
A melhor amiga que gostou dele como ninguém jamais irá gostar,que lhe deu oportunidades, que foi ingénua a cada conversa que tinham, que deu os melhores conselhos, que esteve sempre lá, que acreditava que por mais estúpido que ele fosse, ele ia entender que era ela quem ele ia acabar sempre por escolher, que depois de toda a dor que lhe causou, depois de cada lágrima ainda esteve à altura para responder a cada conversar, para estar sempre ali e acreditar que sim, era mais uma tentativa, e que era dessa que ia dar certo. Acontece que depois de tanta coisa, as pessoas cansam-se.

Os ex's voltam sempre, voltam sempre. Outra rapariga sempre o disse e muitas outras acreditam. Porque é verdade. Ou vêm eles ter connosco, ou vamos nós ter com eles (às vezes feitas parvas depois de tudo o que eles lhe fizeram)

1 comentário:

Anjo-sem-asas disse...

Identifiquei-me muito com esta história.
O papel de 'melhor amiga' assenta-me que nem uma luva..
Eu queria era um final feliz :/