segunda-feira, 13 de julho de 2009

hoje é dia ... de festa!


Para variar todos os anos quando chega a este dia,(e porque Deus lá se lembrou de me dar o prazer de conhecer duas meninas que por "azar" fazem anos no mesmo dia) duas meninas que (supostamente) fazem parte do grupo das que nós consideramos as melhores amigas.
Habitualmente havia sempre um ou dois "este ano vais ao meu jantar que no ano passado foste ao dela" mas este ano isso já não foi problema. Sabem que às vezes, com o tempo, as amizades vão-se desfazendo, e olhem que não é pela distância, e entretanto as pessoas já não olham para nós da mesma maneira que olhavam à quatro anos atrás. Depois de ter ido a maioria das vezes à luta por uma amizade, cansei-me e vi que se calhar não valia a pena porque as pessoas já não olham para nós daquela maneira. Mas não é por aí que as deixamos para trás, nem que nos esquecemos delas, nem que elas deixam de fazer parte da nossa vida. Mas sim, as coisas já não são as mesmas!
Então este ano mesmo apesar da distância e com um bocado de amuos da minha parte, continuamos mais um ano juntas. Sempre para os cafés, as conversas, os sorrisos, os momentos menos bons, as coscuvilhices, as novidades, não da mesma maneira, mas se podem ver as coisas por aí, mas sim ver o esforço que as duas pessoas fazem para que a amizade ainda se mantenha. Sim estou a falara daquela minha amiga loira (que como loira e como morena ou como ruiva tem as suas paragens, poucas mas obrigatórias), que tem um corpinho invejável, que é muito boa pessoa, que é uma boa aluna, mas mais do que isso uma boa (para não dizer excelente, porque não há ninguém perfeito) amiga! Mas sim, para mim como aquela irmã mais velha, sempre conselheira, e que se encontra habitualmente à distância de um telefonema. Acho que cada vez mais, demoramos mais tempo a conhecer realmente as pessoas, porque depois de todos os momentinhos sinto que ainda não a conheço (digo isto porque quando ela está mais em baixo - só esteve assim pior uma vez - eu não fui suficiente amiga para a conseguir por bem, no entanto sei que consegui um bocadinho, devagarinho se vai ao longe)! Mas o que é certo é que dantes não gostava dela, porque ela namorava com um miúdo muito giro e esse miúdo não gostava do meu irmão porque ele andava atrás dela e passado um tempo eles acabaram e passado outro tempo eu e ele andámos! Mas hoje somos capazes de estar juntos na mesma mesa sem olhar para essas coisinhas, e isso torna-se bom. Apesar de os laços já terem sido mais fortes, outros se continuarem a fortalecer, é sinal que há sempre ali uma ligação amigável. E com ela tanta amizade, que às vezes gostava de a ter só para mim (como irmã, claro). Podia estar aqui assim, oh a falar imenso, de cada recordação, boa e menos boa, mas não preciso disso tudo só para dizer que gosto mesmo muitinho da minha F.! Porque é excusado (apesar de saber que ela não se ia importar, a não ser que este post fosse assim muitooo grande!)
Quanto à A. não há muito para dizer a não ser que mesmo apesar de termos sido colegas de mesa durante vários anos, de passarmos várias noites em minha e na casa dela, férias em minha casa, de ela estar lá quando eu precisei e de eu ter tentado estar cá quando ela precisou, foi muito bom e tenho sinceramente saudades dos laços que construímos, mas não podemos ter tudo na vida, e como estão sempre a entrar e a sair pessoas nas nossas vidas, por algum motivo é. Às vezes prefiro nem pensar porque é que isso acontece, porque isso já me deu dores de cabeça que chegassem. Temos as nossas escolhas e tudo bem, há sempre aqui um cantinho para cada pessoa, por cada motivo portanto não duvido que esse teu cantinho esteja sempre aqui.
Tanto a uma como a à outra desejo tudo o que merecem :)

3 comentários:

U disse...

Deu-me um aperto a ler isto.
Realmente, a distância separa muitos, mas quem fica é porque quer realmente.
Parabéns e muito bom texto! *

Hermione disse...

pois, infelizmente as pessoas vão entrando e saindo das nossas vidas. tb aprendi isso por experiência própria.. amigos 'falhados'..

Flávia disse...

essa não me pareço muito eu, pois não? acho que andas a precisar de usar óculos a tempo inteiro, ahm? tonta.
obrigada pelo miminho ;) pelo menos, pela parte que me toca *