quarta-feira, 17 de junho de 2009

se fosse comigo...

Ficavam todos lá fora. No meio do oceano, no terreno da Maria Jaquina onde quer que fosse, mas da mesma maneira que saíram, não entravam.
Olhe Sr Ministra da Saúde, se fosse comigo essas cinco pessoas que contribuíram para os 5 casos confirmados da gripe A, da mesma maneira que os deixaram sair é que não entravam. Se as pessoas sabem que o vírus anda aí para que é que se armam em espertos? Não é egoísmo ou algo que se assemelhe, não quero que tirem liberdade aos cidadãos-passageiros. Mas é preciso ser muita desculpem lá o termo estúpido ou egoísta para viajar para fora do país e depois voltar contaminado. Deviam era ficar no país onde foram contaminados, e lá que os tratassem. Eu sei que eles nem para os do próprio país tem cuidados, nem tecnologias, mas ao menos que evitassem o número de países e assim o número de pessoas contaminadas. Incluindo a criança de dez anos. Este post pode não ser bom, mas mau (não tão grave como certos políticos, ou como certas legislações, mas mau) é isto acontecer. Eu talvez não devia falar disto, mas realmente não me cabe na cabeça. Não sei à quanto tempo saíram e/ou os motivos que o levaram a fazer, mas por favor... Era um bocadinho o que mereciam.

7 comentários:

Inês Mendes disse...

Concordo plenamente contigo, pois com isto não estão só a meter a vida deles em risco mas também a daqueles que não saem do seu lugar tentando evitar este terrivél virus...Haja consciência para a vida.

Nunziuh disse...

Se fosse um familiar teu? Que por acaso tinha necessidade de ir para fora por alguma razão. Querias que ele fosse tratado lá ou cá, sabendo que pode morrer, para poderes estar com ele?

Nunziuh disse...

Girl! (que coisa feia de se chamar. É isso e boy :P)
Desculpa se pareceu que eu te estava a atacar. Não estava. Foi só uma pergunta x)

Sim fui eu. :) *

Nunziuh disse...

Nuno está bom :)
Tal como tu muita gente. Eu por acaso pensei mas podia não ter pensado. Não faço muitas críticas por isso mesmo. Pq há sempre vários lados e eu posso fazer asneira ao comentar :x Mas também se não houvesse gente a fazer..
Anda Daniela não penses mais nisso x) *

(por acaso hoje senti-me menos inspirado que nos outros dias. As palavras saíram um pouco forçadas. Coisas das vida :P)

disse...

Lamento que estejas a passar pelo mesmo que eu - é realmente frustrante quando criamos algo tão nosso. Mas havemos de ultrapassar isto. Costumo sempre dizer que o que não me mata torna-me mais forte. Tem que ser essa a filosofia perante estas coisas. Beijos

Nunziuh disse...

Não é medo. Medo não há. É contenção. Também já disse muitas vezes coisas e disse-as bem.

E não era por se tratar de um dia mau. :) Estava era vazio. Ausência de convivência. x) Há-de ser resolvido.

Vá, Daniela *

R.Vinicius disse...

É uma situação complicada, tendo diversos pontos de vista. Acho legal você exercer a sua liberdade de expressão, e com sinceridade e abertamente.

Abraço,

R.Vinicius