quinta-feira, 28 de maio de 2009

dizem que os adolescentes hoje em dia estão mais mal educados

e eu digo que os professores cada vez estão mais comichosos! e então?


Ao longo do ano lectivo ouvi vários professores dizer que há de facto criaturas mal educadas, de pais-criaturas péssimos educandos e por causa desses os outros é que pagam. É como se fosse mais uma lei deste país. Concordo quando dizem que há pais-criaturas que acham que os filhos vão à escola para serem educados. Oh pais-criaturas, não é assim. É uma questão de princípios. As pessoas têm que saber conviver, saber ter modos e por aí fora se é que me percebem. Também entendo que se os Srs pais-criaturas não foram educados (por motivos que não vou nem quero discriminar) também não conseguem educar as pequenas criaturas! Agora não é que eu por vezes não seja uma criatura, mas às vezes (a maior parte do tempo) sei me comportar. Sei estar. Sei conviver. Sei respeitar. Agora se alguém quer ser respeitado e não me respeita é óbvio que não sou de ficar calada e de não levantar o meu tom de voz. Mas há coisas (como alguns! professores que me dão vontade de os obrigar a pedir já a reforma! é que não se aturam) Os alunos têm que tentar deixar os problemas na rua e não os levar para a escola, mas se por algum motivo o professor vem num dia não quem leva com o não, são os alunos. Grande lata. Se eu vier num daqueles dias com um mau humor do caraças ninguém me atura, e provavelmente fica tudo com uma vontade de partir aos bocadinhos e quanto aos professores esses é logo "vais para a rua.." blá blá blá "vais não-sei-quantos-dias para casa!" blá blá blá. Ora aí está. Porque é que não pode ser ao contrário? Quando os professores vierem num dia não mandamos-los para casa! Fixe? Ao menos assim podemos tentar equilibrar as coisas. Já que a taxa de desemprego em Portugal não é baixa e de certeza que muitos dos desempregados são professores. Fazíamos algo assim e as aulas eram sempre tipo "NEXT!" e é claro que isto não é favorável para os alunos por isso era melhor escolherem logo um que não corresse o risco de ser eliminado na 1ª aula

1 comentário:

Mário Duarte disse...

Epá...há por ai alunos realmente mal educados...sempre houve mas parece que a coisa tende a piorar...a culpa definitivamente não é dos professores...é dos paizinhos que não os educam e pedem milagres ao professores e directores das escolas...

Mas há muitos professores que apenas existem para dar o exemplo do que é um mau professor...acredito que andam por ai muitos professores desempregados e com categoria desertinhos para os substituir...