sábado, 30 de maio de 2009

a barbie e eu



Não é que eu tenha alguma coisa contra a Barbie, porque quando era pequena lembro-me de receber um livro dela para mim que hoje não sei onde pára, mas o livro tinha lá o meu nome em várias páginas. Só aparecia a Barbie e o meu nome, mas a história era nossa. Nessa mesma altura a minha comprou-me uma espécie de casa da Barbie, quando digo espécie, não era falsificada, mas era só peças, não era casa. Peças como armários, fogão, sofás e essas pecinhas hoje são da minha prima apesar de ela já não saber onde meteu metade. Bonito. Mas hoje lembrei-me da música "I'm a barbie girl in a Barbie world" o tanas! Esta música ficou nos ouvidos mas hoje vou falar do que é do que é que eu não tenho em comum com a Barbie. E vou falar especialmente da música que diz algo como " I'm a barbie girl, in the barbie world Life in plastic, it's fantastic! you can brush my hair, undress me everywhere ..." e é exactamente aqui que eu encontro a primeira diferença. É que nós podemos mexer no cabelo da Barbie e mudar-lhe as roupas, vesti-la e despi-la e num sitio qualquer, mas oh meus amigos.. Com a Barbie podem fazer o que quiserem onde quiserem mas comigo isso não funciona assim. Não pensem que chegam ao pé de mim, mexem-me no cabelo e depois disso vem o assédio. É que nem pensem! Primeiro detesto que me mexam no cabelo, só às vezes para fazer festinhas, quanto aos penteados tenho que ter muita paciência. E depois quanto ao assédio vamos com calma, e nem é só por ser assédio é que eu sei-me despir e vestir e vice-versa, não preciso cá de ajudas. Porque eu não sou nenhuma Barbie , ou melhor não sou de plástico tá? Pronto. Há outra diferença. É que ela é loira e eu não. Sou mo-re-na. Não é por causa do que se diz "as louras são burras" porque as morenas às vezes também, pode é não ser tanto. E é claro que há excepções. E já nem vou falar do resto da música nem dos vídeos que se encontram. Portanto I'm not a Barbie Girl alright Kens? Como estas meninas da imagem, não são barbies. Não são feitas de plástico. E só parecem barbies porque estão a publicitar uma marca de cosmética a M·A·C (a colecção chama-se Barbie Loves M·A·C) e é exactamente porque nos pode fazer parecer com a(s) Barbie(s) que sim até podem fazer uma mulher sentir-se (mais) bonita. mais coisinhas aqui

2 comentários:

Rosie Dunne disse...

barbie girl, dos aqua, ne? fizeste-me lembrar isso, ha que tempos!

ainda nao te tinha dito, mas adoro a tua musica!

Mário disse...

A Barbie até é boa moça...mas não queiras mesmo ser igual a ela...tem plástico a mais e é preciso fazer-lhe tudo que ela mal se mexe...não te desejava assim tão mal...