terça-feira, 12 de maio de 2009

acho que se

cada um de nós tivesse as suas, não nos fazia nada mal.
Eu não escolhi mas lá tive de optar pelas duas primeiras portas e no entanto é uma coisa que aconselho. Consegui tirar duas preocupações da minha cabeça, no mesmo dia. Uma a seguir à outra. Mas pronto acho que foi desta que me deram a entender que posso mesmo estar a entrar em depressão.. Tenho uma nova tarefa, fazer uma lista de preocupações, ver quais têm solução(a curto e a longo prazo, as de longo prazo deixar para longo tempo depois) ver quais dependem de mim ou não e contentar-me com isso. Por isso hoje dediquei-me e decidi tirar logo duas da cabeça! Graças à psicóloga da escola e à minha C.! gosto tanto desta terapia. Sexta é a vez da psiquiatra... Vão ver que desta ainda vou para melhor! Mas realmente se não fosse isto... As coisas não se iam recompondo! Não tenho problema nenhum com isto.

2 comentários:

disse...

Nem tens que ter. Tens é que resolver o que for que te está a deixar em depressão. Muita força nessa caminhada!

Mário Duarte disse...

Sou a favor de pegar no nosso melhor amigo ou amiga, sentarmo-nos na areia a olhar para o mar, sentarmo-nos no banco do jardim, ir até à beira rio, e deitar tudo cá para fora...sou a favor de conversar...conversar muito...mas enquanto tiver amigos com quem falar nem pensar ir ao psicólogo...

O amigo ou a amiga é mais barato, estou mais à vontade, não é preciso marcar e sempre podemos fazer uma consulta de psicólogo um ao outro... :)

Bjitos oh coisa feia