sábado, 25 de abril de 2009

trigésimo quinto aniversário


do 25 de Abril de 1974!
(site do 25 de Abril)


http://www.youtube.com/watch?v=FUMQ8N9zQNg
http://www.youtube.com/watch?v=RhDXm9fu1P0
Eu não sou deste tempo, e os meus pais já mal se lembram, nesse tempo eram mais novos que eu (agora). Tal como tantos outros jovens, a história nunca foi o meu forte. Mas sempre soube que este dia é histórico, e que fez a diferença no país. De manhã acompanhei alguns discursos e não é por acaso que me quis dedicar ao estudo deste dia. No meio do youtube pude encontraralguns dos vídeos que coloquei neste post. Também encontrei este que revela que as pessoas cada vez ligam menos a história. Principalmente os jovens entre os 15 e os 17 anos. Façam um estudo sobre quem gosta de aulas de história, quem gosta de aprender e saber história e depois sabem o porquê. Eu por exemplo, gosto de história. Gosto de saber coisinhas pequeninas, agora ter que saber tudo por tim tim não é algo que me fascine, e então aulas de história nunca foram o meu forte. No entanto eu acho que também não ía conseguir responder às questões por isso fui ao site da presidência descobrir quem foi então o primeiro presidente da república, Manuel de Arriaga. É isto não é? E são 27, os estados membros da União Europeia. O Sr Cavaco Silva de manhã citou que 'se tomarmos as decisões certa conseguimos vencer a crise' (não sei se as palavras foram mesmo assim, mas foi isto que ele disse). Pode ser que com as eleições isto melhore, não sei o que hei-de esperar do meu país depois de tudo o que ouvi hoje. No entanto ao que parece no Porto uma senhora disse que se em vez de estarem a fazer discursos na assembleia e fossem ver as pessoas que puseram na miséria era muito melhor. Também ouvi que riqueza para os políticos, pobreza para o povo. E andamos nisto. Políticas contra políticas que baralham as pessoas e deixam o país no seue stado actual. Bom bom era falarem com as pessoas que viveram o 25 de abril e os anos antes e pô-las a dar a história da altura, isso sim. Ainda tenho que perguntar à minha avó como é que ela relata esses tempos.

Onde estavas tu no dia 25 de Abril de 1974?
Eu não estava (viva) nem tão perto haveria de chegar o dia em que cheguei ao mundo. A minha professora de geografia disse que nesse ano, e nesse dia ela estava proibida de ver televisão e de sair de casa. Antes ou depois muitas foram os alunos que partiram a escola aos bocadinhos, por aqui, e que nesse ano independentemente de transitarem ou chumbarem, todos passaram para o ano seguinte. Também devíamos ter direito a tal. Mal me lembro de outras coisas que ela disse. A minha mãe tinha 8 anos. O meu pai tinha 10. Portanto só mesmo os antecedentes dos mesmos é que poderiam realmente dizer o que se passou.

1 comentário:

Mário Duarte disse...

O meu forte também não é história...sei o que conseguimos neste dia e reconheço a sua importância para o estilo de vida que consigo ter hoje em dia...o meu blog antes da revolução seria completamente censurado.

Felizmente não passei pelo regime opressor de Salazar e no dia 25 de Abril de 1974 a minha existência era digamos assim...NULA...nasci uns valentes anos depois...e ainda bem :)

Beijito...bom 25 de Abril...e já agora bom 26 de Abril :P