sexta-feira, 17 de abril de 2009

à sexta feira

A ansiedade chega. Não estivesse o fim-de-semana à porta! E cá em casa, aos fins-de-semana a casa fica diferente. Uns chegam, nem que seja para encher a casa. As sextas cá em casa, são muito familiares. Jantamos todos juntos e pouco ou nada falamos sobre a passada semana. Não há nenhuns 'tinha saudades tuas' a não ser para o meu irmão, da minha cunhada. Algumas sextas são passadas a comer (tele)pizza outras nem por isso. Umas são maiores que as outras, outras pequenas que nem se nota a presença! As minhas sextas feiras são 'Yes.. Finalmente' Porque as minhas aulas acabam à hora de almoço, e sei que a partir daí a alegria é outra. Hoje, esta sexta-feira foi um bocado menos boa que o habitual. Foi esquisita. E e não foi só do tempo! Como se passou e o que se passou. Custa-me muito ver uma mulher, especialmente quando essa é a minha mãe, a chorar pelo um homem, que só por acaso é o meu pai. O amor de à longos anos é totalmente diferente de o de hoje, e pela diferença não sei qual é que é melhor. O facto de a ver assim, muda as sextas feiras. Fico mais sensível, ao ver o american idol. Fico triste. Fico mais pensativa. Hoje nem houve sexta feira familiar. Mãe se eu pudesse fazia-te feliz!
A sexta feira de hoje, não é um dia da minha vida. Até acabo a noite a escrever para o blog, na minha cama, no meu portátil, com a minha cadela e com a minha gata. Não é que sejam má companhia, mas isto não me faz acreditar que seja sexta feira

1 comentário:

Mário Duarte disse...

Manhosa no bom sentido :) (se é que há bom sentido nesta palavra)

Também estou deitado na cama com o portátil em cima de mim...nao te sintas mal por isso...há sextas feiras lixadas...não temos cão cá em casa mas esta casa de estudantes tem uma gata...a nossa Cuca Maria...ahhh pois é :) muito à frente...

Obrigado por leres o meu blog...caridade é uma coisa muito bonita :P