segunda-feira, 6 de abril de 2009

O motivo do post anterior resultou da minha pesquisa porque sou uma preguiçosa e fui à procura de coisinhas que me possam ajudar visto que há uma coisas que não percebo ou não me quero mentalizar ou qualquer coisa que junte as duas. Quando me disseram, não sei o quê 'não vás para esse curso' ou 'podemos sonhar mas não tão alto' só me apetecia fazer dessas pessoas um vudu e espetar-lhe com muita força as agulhas. (E vocês?estão felizes com o que fazem da vida oh einstains? Então pronto, respeitem a minha escolha sff!)
Eu sei que temos de ser conscientes com as nossas escolhas, e para mim o mais consciente é escolher algo que eu sei que é o que quero mesmo fazer. E é isto. Se não me desmotivassem tanto e me ajudassem mais, ajudava em algo!
E se me tivessem logo dito 'Se é isso que queres, força. Já sabes é que tens de te aplicar mais, mas pronto é a tua escolha, é ao teu gosto' (Obrigada Mãe) coisas assim é que de certeza ajudavam! Diego Marchi disse Muitos dizem que sou apenas mais um a tentar. Eu digo que sou menos um a desistir e eu aproveito para fazer das palavras dele, as minhas. 'Olhe que há muitos que no ano a seguir mudam de curso ou simplesmente desistem' e eu estou-me nas tintas para esses! Eu meti-me nisto com o objectivo de não desistir, ouviram bem? De não desistir. E isso é para mim, o mais importante.
Ouçam lá, sim se calhar têm tanta razão como eu tenho, e eu nem vos quero dar ouvidos tal como vocês também não me dão, mas pronto podemos ficar amigos na mesma?
Se calhar não querem isto e aquilo para mim, mas é para mim não é? Então...
Já tinha ouvido dizer que volta não volta éramos (os portugueses) muito preguiçosos! Não sei se somos ou não mas eu sou. E esse não é só o meu mal, é o mal de muita gente! Desculpem-me lá mas é verdade. Para criticar e quê eu também estou sempre lá então mas e fazer alguma coisa? 'ah e tal sou muito preguiçosa' Pois, eu também.
O meu objectivo, quanto a estudos e a emprego é exactamente o seguinte: Fazer este curso, escolher a minha específica e arranjar um emprego E isto incluí deixar de ser preguiçosa e fazer alguma coisa de útil para a sociedade. Ter uma boa média e ter a oportunidade de fazer o que gosto. Pouco me passa pela cabeça ser a melhor mas quanto muito fazer parte desse grupo, mas mesmo que não consiga e isso é o menos. O mais para mim é ter a oportunidade de fazer o que gosto e sempre quis fazer. É algo que requer muito estudo, é, eu não duvido. E para haver estudo tem que haver paciência, força de vontade e motivação. Sem estes três é como se um carro quisesse andar mas não tivesse combustível! E a mim falta-me muito deixar de ser preguiçosa, quando à paciência se houver motivação não é problema! Ah e claro não deixar as coisas para a última da hora (o que parecendo que não é um grandee problema!) mas aí entra a preguiça, e conversa puxa conversa e sabem que todos os caminhos vão dar a Roma não é?
Já passaram dois dentro de uma semana começo o último. O tempo passou a correr e eu não vejo a coisa muito famosa. E tenho medo. E o que mais me desmotiva é ver que me esforcei (pelos visto não o suficiente mas) q o meu esforço não valeu assim tanto a pena.Mas tão pouco me passa pela cabeça desistir. Nem que agora tenha de ir à Arábia Saudita comprar petróleo! Porque se (felizmente) não sou a única a acreditar nas minhas capacidades só tenho é de seguir em frente. E contar com pessoas assim. Porque para além de eu querer se alguém quero dar o maior orgulho aos meus pais! Porque eles merecem isso no mínimo de mim.
Sempre fui muito auto suficiente e nunca quis ajuda mas ultimamente apercebi-me que que às vezes é preciso aceita-la, e outras que o melhor é agarra-la com muita mais força! Nada está fácil. E estudar enfim. Dizem que é só incompetência mas será que alguém se dedica a ser competente? Claro que há gente competente e quem se esforço para o ser.
E outra pesquisa deu nisto aqui que me fez começar por tirar apontamentos

1 comentário: