quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Quando se passa algo na nossa vida o nosso primeiro recurso é partilhar com as pessoas de quem mais gostamos. Mas para elas é óbvio que o significado nunca é o mesmo, ás vezes nem significado têm, e por vezes isso desanima-nos. No entanto quando são os outros a recorrer a nós também é normal que se passe o mesmo. Por vezes tudo nos outros toca, pouco ou muito mas nós também sentimos a alegria ou a dor dos outros, mas isso existe quando os outros também sentem o mesmo com as nossas coisas, quando somos entendidos e há forças que nos levam a querer também entender o valor das outras coisas das outras pessoas

Sem comentários: