quarta-feira, 31 de dezembro de 2008


a todos os meus amores, amigos, inimigos, a toda a gente um
FELIZ 2009
hoje nada me vai tirar a melhor disposição, desejo-te (a ti quem quer q sejas) as melhores entradas, seja od for, com quem for! eu cá sigo viagem para a nazaré
acredito mesmo que vai correr tudo da melhor maneira

até 2009 ;D

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Just live your life no telling where it'll take you

two thousand eight

Bem, parece que mais um ano passou. Se que normalmente também dizemos isto quando fazemos anos mas devem ser as principais alturas em que no apercebemos que realmente mais um ano passou, que temos outro á porta! Conforme os anos passam acabamos sempre por dizer que foi melhor que o anterior e esperemos que o que está a chegar seja ainda melhor, e vamos estar sempre a dizer o mesmo! De facto a cada ano que passa, e no seu fim olhamos para trás, para o caminho que fizemos e damos valor a muitas coisas e pessoas, arrependemos-nos de muitas coisas, tanto as que fizemos e as que não fizemos, arrependemos-nos também de ter conhecido certas pessoas, e por aí fora, arrependemos-nos disto e daquilo q cada um de nós sabe.
Para mim 2008, foi mais um ano de sorrisos, falsos e verdadeiros, grandes e pequenos, tímidos e desenvergonhados, foi também mais um ano ao lado de muitas pessoas que continuaram a fazer parte da minha vida, outras que surgiram pelo meio, cada qual com o seu ser especial. Melhores alegrias vieram, desilusões se foram, o caminho está feito. Politicas ambientais, económicas, partidos, assuntos globais, crescimento, aprendizagem, mentalidade, tudo veio para ficar. Foi neste ano que iniciei o meu secundário que já não é visto como á muito tempo atrás mas acho que também foi um acontecimento que marca o meu 2008, muitos outros marcam, aos bons e aos maus um brinde! Eu ficava a falar aqui de todas as coisas que marcaram o meu 2008, o secundário, a maior xiba da minha vida na vieira, as melhores saidas, as melhores amigas, as férias do verão, o aniversário, os relacionamentos, as desilusões e ilusões, vocês sabem lá... Quer dizer sabem da vossa, da minha só certas pessoas sabem,realmente. Depois deste 2008 que não tarda muito a acabar, resta-me dizer um obrigada a todos. A todos os amigos. A todos os momentaços. Á música. Á fotografia. Aos sonhos. Á minha eterna escada de objectivos. Á força. Á família. Á MINHA VIDA 1993-2008! não a minha vida não termina aqui, mas aqui termina mais um ano da minha vida.
Percorri mais um caminho cheio de horizontes e tenho outro longo caminho pela frente!
Para 2009, espero finalmente alcançar grandes objectivos, ter mais força para ir á luta contra tudo e todos, continuar a viver com os importantes ao meu lado, espero paz ao mundo, espero estabilidade em Portugal, espero que os problemas sejam mesmo vistos como barreiras que a nossa união vai saltar, espero que as pessoas também se apercebam que temos um ambiente para cuidar, e temos mesmo que trazer estabilidade global. Eu, para 2009, não quero a maioria das coisas para mim, por mais ambiciosa que seja, acho que é mesmo muito importante o mundo se unir, acabar com muita pobreza, restaurar o ambiente, politicas e partidos realmente trazerem estabilidade, o fim das guerras, mais caminhos e oportunidades para todas as partes do mundo. A esperança aqui fica, o optimismo também, mas a força muito mais que qualquer coisa tem de estar dentro de cada um de nós. Demorámos tanto tempo a chegar ao desenvolvimento para acabarmos assim com ele? não, é a resposta. Estamos a tempo de mudar o mundo.

desejo então as melhores entradas para todos!
tempo não nos estragues as melhores entradas para 2009, ámen
fotografia da passagem de ano 2007-2008

domingo, 28 de dezembro de 2008

geminiana

se me acharem maluca por acreditar tanto em astrologia pensem no que Confúcio disse "Quando vires um homem bom, tenta imitá-lo, quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo". A nossa data de nascimento diz parte de nós, a maioria das pessoas é que ainda não teve curiosidade de descobrir o que diz o nosso signo de nós..

nativa de gémeos
''Mesmo que pensem conhecer esta mulher a fundo, as opiniões dos amigos e parentes nunca serão parecidas. A geminiana equivale a várias mulheres, todas diferentes, que variam conforme seu estado de espírito.

Quem conhece uma mulher de gêmeos sabe que é muito difícil ver a mesma pessoa por muito tempo. Suas fotos nunca parecem ser da mesma pessoa e suas mudanças de comportamento deixam qualquer um sem saber se acabam de conhecer uma nova mulher ou se ainda está falando com uma velha amiga! Sim, o signo de Gêmeos é o signo da mutação, de todos aqueles que gostam de mudar, experimentar e ultrapassar horizontes. Se existe algo que pode matar esta mulher é a monotonia. Como um camaleão ela vai assumindo várias formas, encantando e intrigando os homens. Ao contrário do que possa parecer, seu jeito misterioso consegue agradar a muitos homens que acabam ficando apaixonados.

A mulher de gêmeos não muda de personalidade. Ela apenas mostra todas as mulheres que vivem dentro dela

As vezes ela pode ser tão volúvel e imprevisível, que se deixará encantar pelo sorriso ou pelo olhar de uma nova paixão para, logo depois, começar a critica-lo com a mesma intensidade. Então, o homem que antes era maravilhoso, vai se tornar tão cheio de defeitos que ela se perguntará como foi capaz de se apaixonar por alguém assim?

Esta capacidade que ela tem para se apaixonar e se desiludir logo em seguida pode partir muitos corações até que tenha certeza de que realmente acabou de conhecer o homem de sua vida. Bem, para falar a verdade, é ele que vai ter que convence-la de que é o homem de sua vida! Se deixar para ela a tarefa de analisa-lo, pode ter uma tremenda decepção! E a melhor maneira de conquista-la é sendo sempre a mesma pessoa. Ela aprecia mudanças em sua vida na sua personalidade e adora experimentar novas sensações. Mas quer um homem bem previsível ao seu lado. Previsível, mas nunca passivo!

Seu temperamento faz com que aceite as mudanças com mais facilidade que as outras mulheres, desde que não esteja relacionado com o comportamento de seu parceiro.

Para ela é difícil entregar-se a uma pessoa sem enfrentar suas dúvidas.

Sabem aqueles desenhos onde alguém é atormentado por um anjinho e um diabinho que ficam dando opiniões sobre o que é melhor fazer? Pois é mais ou menos assim que funciona a mente desta mulher. Sua dualidade sempre estará analisando os prós e contras de todos os relacionamentos. Aquele homem carinhoso e romântico será capaz de ganhar o suficiente para sustentar a casa? E aquele homem que ganha dinheiro como ninguém, não será um tanto frio para confortar seu coração quando estiver carente?

Tirando o amor e o romance que costumam atormenta-la com a idéia de perder sua liberdade, nas outras coisas ela é bem direta e não costuma fazer rodeios!

Mas não se preocupe, ela vai acabar fazendo sempre a melhor escolha do momento.
Se algum dia ela descobrir que a melhor escolha que fez acabou se tornando um pesadelo, não pensará duas vezes em largar tudo para recomeçar do zero! A mulher de gêmeos não se prende muito aos seus erros se descobrir que fez uma escolha errada! Ela vai aprender com a experiência e dificilmente vai repetir os mesmos erros!

Normalmente ela é uma companheira animada, agradável e alegre.

Tirando suas fases azedas que fazem com que fique insuportável com seu cinismo e língua afiada, seu outro lado romântico e aventureiro faz com que tenhamos a sensação de que estamos diante de uma grande amiga ao invés de uma namorada. Ela acompanhará o namorado em tudo que fizer, desde uma escalada em uma montanha até uma aventura na África! Para ela não existe esta coisa de separar as atividades entre feminina e masculina, quando esta apaixonada. Para onde ele for, ela estará ao seu lado!

A geminiana pode estar apaixonada, mas dificilmente deixará de achar outros homens atraentes.

Também costuma ser muito criativa quando o assunto é amor. Curiosa e com uma imaginação fértil, ela é ótima para apimentar relacionamentos. Sua imaginação se revelará quando sua curiosidade for excitada por uma nova descoberta. Para ela não basta ouvir palavras carinhosas e juras de amor. O verdadeiro amante deve agradar seus ouvidos com palavras dóceis, mas não pode se esquecer de surpreende-la na hora do sexo! Lembrem-se que ela detesta monotonia.

A geminiana costuma associar sexo com amor como ninguém. Sua mente não consegue entender como alguém pode ama-la sem fazer com que suba pelas paredes!

Ela jamais tomará um ônibus se pode ir de avião. Jamais ficará calada se puder falar. E jamais andará quando puder correr. Por isso nunca vai se contentar com o mínimo em um relacionamento quando pode ter muito mais.

Apesar de muitas vezes parecer fria e distante, ela deseja ser amada e mimada. Mostre que sempre estará ao seu lado, apesar de suas crises de mau-humor, e terá uma mulher que se entregará por inteira. Aliás, o melhor remédio contra o mau-humor da geminiana é sempre demonstrar amor! Não há chatice que dure muito tempo!'

não dá hipótese! bate tudo certinho, ou não? estão postos os pontos no i's[http://www.revistaandros.com.br/geminiana.html] é de admitir que isto poderia estar em português-português mas assim 'é mais real' tudo o que o meu signo diz de mim é verdade,sejam criticas ou elogios,qualidades ou defeitos

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

close your eyes, clear your heart


Human - The Killers

'And sometimes i get nervous when i see an open door
Close your eyes, clear your heart
Cut the cord are we human? or are we dancer? my sign is vital my hands are cold and I'm on my knees looking for the answer are we human? Or are we dancer?'

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

véspera da véspera da véspera

dispensam-se apresentações, sim hoje é a véspera da véspera de natal! a crise chega a todo o lado, até mesmo ás mensagens, então desde sexta feira que trocas e baldrocas, meus amigos, meus caros leitores desejo-vos então um Feliz Natal cheio de prendinhas, espero que por menos sonhador que seja se lembrem que há pessoas que principalmente no Natal só vivem na solidão (o que é mesmo muito triste, imagino) desde as crianças ás pessoas mais idosas, esperemos que desejos como o amor, a felicidade, a reflexão, o carinho (pela familia e pelos amigos, claro), os sonhos, a alegria todas essas coisinhas também façam parte do Natal! Asério é mais uma das alturas do ano, se não a principal em que devemos dar valor á nossa vida, devemos não nos esquecer que á um mundo do lado de fora da nossa janela bastante diferente do nosso e pronto, vocês entendem ao que me refiro!

andava á procura de umas músicas de natal, mas como me lembrei de outra coisa melhor, decidi então partilha-la (atenção!)







e não digam que isto não é uma boa prendinha! visto que todos nós as gostamos de receber, mas no q toca a oferecer... é isso mesmo, eu sei que não sou a única!

Aproveito ainda para desejar também uma continuação de boas férias (com a companhia dos nossos amigos e família!) também com a presença da televisão, mesmo com filmes repetidos, e também com a pura diversão e a fantástica loucura da passagem de ano!
Portanto desejo um feliz 2009 e agradeço a quem fez parte do meu 2008!
primeiro fim-de-semana, de férias! igual aos outros.. não estou a brincar! os dias não são assim tão repetitivos, muito menos os fins-de-semana muito menos então se forem em alturas como á uns tempos atrás, não mas este pronto.. coiso. não dá para explicar! Fui 'provar' o vestido para a minha suposta P.D.A (? passagem de ano, para o inculto do tó ahah), tive o jantar da empresa do meu pai, que como todos os anos é sempre engraçado e agradávelzinho, tive outra bombástica saída a torres, mas desta vez a outro estabelecimento de diversão nocturna, muito agradável aos meus ouvidos, mas relativamente ao outro um bocadinho mais coiso (eu explico!) Ora então, quis ir ao wc tinha 15 jovens á minha frente fora a outra chavaleca (que opá intera-te!), tem muito movimento, porque tem menos espaço, mas o que gostei mesmo para além da música foi as bebidas! Lá vale a pena investir! a falar a sério, um dia se lá forem irão dar-me razão! pronto e o meu domingo foi deprimente porque não é suposto estar de férias e darem coisas mais bonitinhas na televisão? ai aquele programa das criancinhas foi cómico, mas também teve a sua parte boa das crianças que fizeram sentir a voz no coração, jasus! agora os filmes e isso, produtoras, olhem que o nível está muito ao lado do tal programa! a única coisa que mais me entusiasma ainda é o que supostamente deve tar a dar na estação 4! ou está prestes a começar, talvez veja (se não ficar aqui a contar histórias..) mas pronto foi assim o primeiro f.d.s. das férias! aguardo melhores coisas para a semana visto que estamos de férias e elas regressam a casa e coisas assim do género (se é que me entendem)

chama-se desmotivação

Sejam as pessoas, sejam as atitudes, sejam os momentos, sejam as palavras, estamos sempre á espera de grandes coisas, criamos sempre grandes expectativas e depois as conclusões são muito esclarecedoras, ou és tu que não aceitas as coisas e isso desmotiva-te para o que seria o passo seguinte, ou tens a sorte de te aperceber que 'ás vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas. O tempo passa e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais! Bob marley' ou podes ser sempre diferente e conseguir aceitar perfeitamente ao que estás sujeito, lá te adaptas e dás á volta á situação...
A minha pessoa ainda não me permite grandes conclusões mas acho que a que mais identifica é a primeira. Tenho uma enorme tendência a desmotivar-me quando me apercebo que todas as coisas que referi e muitas mais não são realizadas á minha maneira, ao meu pensamento, á minha vontade. Mas é assim com tudo! incrivel. Sim apesar de isso não interessar sou muito optimista sim, mas também tenho tendência a perder alguma esperança de um dia para o outro. Imagino aí então que as coisas já não vão ser tão boas, vão ser diferentes! E por mais que me custe, lá tenho que tentar aceitá-las...
Queria um natal assim, queria os sonhos assim, queria mudanças assim, queria compreensão assim, queria passagem de ano assim, queria objectivos assim mas acho que acabei de voltar ao inicio da 15ª escadaria, e tenho pouco tempo para a voltar a subir. Já sei que vem aí muito trabalho, e muito esforço, já posso ir ao menos entretendo as minhas férias a idealizar maneiras de fazer com que certas coisinhas se recomponham!

nas páginas web li:
''(...)Tem que reagir para não se deixar vencer pela desmotivação que o prejudica(...)
Uma das formas mais eficazes de perceber se está a ser "atacado" pelo sindroma da desmotivação, é ir ao fundo da questão e tentar perceber de onde surge tal sentimento. Muitas vezes estamos absorvidos com outros problemas externos ao trabalho, mas é sempre mais fácil justificar-nos com o que está mais próximo''

domingo, 21 de dezembro de 2008

Agora que tenho muito tempo poderia escrever aqui sobre todas aquelas coisinhas que ás vezes nos damos ao trabalho de realmente reflectir, aquelas coisinhas deprimentes que resultam de pequenos momentos de reflexão, mas como agora não tenho feito nada disso acabo por não poder escrevê-las. Não é q elas não estejam presentes no meu quotidiano, mas ainda não estão completamente reflectidas e fundamentadas para serem escritas! Além disso acabei o meu último dia de aulas a reflectir sobre os meus pensamentos com aqueles colegas da turma! Mas ao menos disse o que tinha de dizer. Mas isso agora não importa! assim que tiver algo fundamento irei realmente partilhar aqui, a escrever parte de mim

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

entrei hoje de FÉRIAS!

bem vindas pequenas

obrigada por finalmente terem chegadooo

terça-feira, 16 de dezembro de 2008



O Dia Em Que A Terra Parou

O filme é espantoso na minha opinião, mas também se torna confuso, mas aconselho a quem gostar do trailler. Finalmente vi-o, na bela tarde de domingo! muito pausado mesmo ahah

e por acaso, também tem new york!
Teste de físico-quimica o único em que desci, o professor diz q o meu comportamento só se reflectiu na nota. Acrescenta que (nas aulas dele!) sou muito conversadora e distraio-me com muita facilidade, talvez tente mudar isso no próximo período e agradecia que as próprias fossem menos secantes e barulhentas isso também não ajuda.

A minha mãe hoje foi á escola, por vontade própria falar com a minha directora de turma, que ao que parece diz que estou muito empenhada, e que me porto bem, nas aulas dela, matemática! Ela disse também que estou quase lá, é preciso continuar. Não tem queixas de mim em nenhuma aula, portanto suponho que esteja tudo bem. e mais coisas, mas acho que o balanço é positivo isso é que interessa

As auto-avaliações já começaram e pronto lá me devia ter esforçado mais desde o incio, vão ser notas baixas, mas notas positivas e pronto terei que triplicar o meu esforço no próximo período e dar a volta á situação, enfim

e new york e jazz não me saem nem da cabeça nem dos ouvidos
foi coincidência. aulas de filosofia, onde a professora ainda tinha de corrigir alguns testes trouxe um filme.. bem não sei se tem haver coma actos humanos, que a matéria que agora andamos a estudar, mas, como filme, tem muitos. Não estava á espera, mas não gostei de ter de trocar de sala e ter q ter á espera q se resolvem meros acasos para só ver 45 min do filme na aula... Mas foi melhor assim...

'-Oh stora....'
'-diz Daniela..'
'-nada, esqueça!'
'-Daniela, diz!'
'-posso levar o filme para acabar de ver em casa?'

O filme é tão bacano, eu gosteiii! Fiquei espantada com as atitudes e com a história em si. Mas ainda fiquei espantada porque por segundos vi New york, e ainda 'o útil juntou-se ao agradável' e ainda surgiram segundos de jazz e pronto, opá gostei!



hoje aptece-me new york. aptece-me sonhar em ir para lá, new york hoje não me sai da cabeça! aliás as viagens andam sempre aqui a passear na minha cabeça, só q pronto o euro milhooes não gosta de mim

gosto muito de Frank Sinatra, sim

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

não é novidade, mas gosto mesmo de Lisboa! seja a baixa, seja o bairro alto,seja a sua história, seja a vista, sejam os miradouros, seja o fado, sejam as diferentes e mal humoradas pessoas, sejam as lojas, sejam os estrangeiros, seja o seu património, mas nesta altura a praça eduardo VII com a árvore natal zon tv cabo!



Eu já estou para aqui a magicar uma ida lá durante as férias, que não pode faltar!
A nossa loucura (nossa porque não sou a única!) é a baixa. A baixa tem magia. A baixa tem as lojas, a baixa é diferente, a baixa tem estrangeiros, a baixa tem os homens estátua, a baixa é a baixa e pronto, é a linda baixa!
Mas a praça do comércio á noitinha com a tenda da zon, e com esta árvore e com muitas pessoas, tem um espírito natalício, que nem quero imaginar, quero sentir! quero e quero ir lá este ano. Para a semana. Ai tantas saudades que eu tenho de ir a Lisboa! Aquilo é um mundo que se torna tão agradável para apanhar novos ares! ai pá eu tenho de ir lá, está decidido

domingo, 14 de dezembro de 2008

''Os outros são a sorte que nos cabe, são o azar que nos calha. São o nosso último recurso e a nossa primeira obrigação (...) A minha maior qualidade é o meu amor, é a minha família, são os meus amigos (...) são os meus antepassados, são os exemplos que me deram (...) A minha maior qualidade é depender dos outros, é preocupar-me com o que pensam, é ser influenciado pelo que me dizem (...) A minha maior qualidade é não querer, saber que não posso, safar-me sozinho (...) Os outros dão-me vida. A minha maior preocupação é conhece-los, servi-los, conserva-los, merece-los. A essência da vida está fora de nós. Está nos outros todos juntos, sem lugar, sem tempo, sem saber como (...)''
A essência da vida são os outros. A nossa época é-lhe contrária por várias estupidezes. As pessoas valorizam-se de ser independentes, individualistas, auto-suficientes, egocêntricas, únicas, solitárias, livres. Dizem «quero lá saber do que os outros pensam!» sem perceber a terrível vaidade que isso implica.
Para termos uma noção do pouco que valemos, basta subtrair ao que somos o que aprendemos, o que lemos, o que vivemos com os outros. É só ver o que fica. Coisa pouca. Sozinho quase ninguém é quase nada. É somente juntos que podemos ser alguma coisa. A verdade é que devemos tudo a quem já nos deu, já morreu, já disse, já escreveu. E a nossa felicidade devemos-la não a nós próprios, mas a quem vive ou viveu ao pé de nós. Será isso que custa tanto a aceitar?
Nascemos dentro de um mundo cheio de hábitos, de conhecimentos e de poesia. Com a papa feita. Tudo existe sem o nosso esforço. Tudo já lá está antes da ideia que temos, da iniciativa que tomámos. Temos literaturas, histórias, línguas, regras sociais, tecnologias. Uma bela herança, feita das coisas que os outros deixaram. Não foi por serem generosos foi porque viviam connosco. Os outros são a nossa vingança, a nossa moralidade, a nossa inibição.
No pouco tempo em que vivemos e trabalhamos, limitamos-nos a acrescentar um ponto ou outro á soma que já existe. Um dia morremos. A morte é o preço que se paga pelo facto de termos vivido tão facilmente. Pelo facto de não termos de inventar a lingua que se fala, de não escrevermos os livros que se lêem, de não fazermos o pão que se come, de não sermos obrigados a estabelecer e a negociar as regras com que se vive.
Os outros são a sorte que nos cabe, são o azar que nos calha. São o nosso último recurso e a nossa primeira obrigação. Esta é a essência da sociedade. Enriquecemos quando os outros são ricos, empobrecemos quando os outros são pobres. Deixemos-nos de betices. O sentimento mais importante de todos é a solidariedade (...)
Posso dizer uma verdade? A minha maior qualidade é o meu amor, é a minha família, são os meus amigos, é a minha pátria, são os meus colegas. São os meus antepassados, são os exemplos que me deram, são os meus livros. Eis a essência da vida, de qualquer vida: a minha maior qualidade são os outros. É esta a maior qualidade de qualquer outra pessoa.
A minha maior qualidade é depender dos outros, é preocupar-me com o que pensam, é ser influenciado pelo que me dizem. Eu não sou quase ninguém. Eu sou só um. Os outros são quase tudo. São quase todos. A minha maior qualidade é não querer, saber que não posso, safar-me sozinho. É sentir-me sozinho quando estou sozinho, preso pelo amor que me prende. É sentir-me incompleto. Os outros dão-me vida. A minha maior preocupação é conhece-los, servi-los, conserva-los, merece-los. A essência da vida está fora de nós. Está nos outros todos juntos, sem lugar, sem tempo, sem saber como. A única coisa que temos é o amor

"a essência" in «o independente» miguel esteves cardoso

é estupendo a maneira como eu mudo de planos e objectivos todos os dias

Não tem sido tarefa fácil, o meu estado de saúde. Ela diz que é para eu não andar tão preocupada, ele diz q não há-de ser nada e se for ele e os meus amigos estão cá para me ajudar, eu preocupo-me e acabo por preocupá-las/los também. Não quero chamar a atenção de ninguém e muito menos quero que tenham pena de mim, sempre ouvi dizer que a saúde é muito importante, e se não fosse eu não estaria assim. Sei que há milhões de gente com cancros, milhoes de gente que combatem contra a cegueira, contra a paralisia, milhoes que ficam assim para o resto da vida,.. também sei que isto pode ser temporário ou eterno, mas o tempo é de anos, não de dias como a gripe. Quando desabafo a minha preocupação ouço 'é uma simples gripe' mas explico logo que não tem nada a haver com a gripe.. Sim gosto do apoio que os meus amigos me têm dado, é bom não nos sentirmos sozinhos, é mau estarmos em casa fechados deitados numa cama durante umas 30 horas sozinhos e assim. Senti a falta delas e deles. Já estava a dar em maluca se não desse um pulo á rua! Mas parece que isso não me favoreceu muito.
Acho que depois de toda esta minha preocupação, deste desespero, destas tais incertezas vou tentar curar esta gripe para sim depois ter certezas do que me foi dito... e se for mesmo verdade, vai ser mais uma barreira que vou ultrapassar, é mais um degrau que vou ter que querer subir, vou ter que levar a sério, e já sei que um passo em falso fazer-me-á pior, portanto o melhor é não cometer loucuras, apesar de me custar aceitar que devo ter que fazer mudanças em mim (depois de tudo o que me deram e me habituei, deve custar-me!). Hoje sinto-me com forças para viver, o que há dois dias não era assim, e guardo as coisas para mim.
os desabafos são bons, mas cada um tem a sua vida, e a nossa devemos ser nós a dar a volta, não o mundo a volta.la de desabafos, ás vezes prefiro continuar a ser reservada com a minha, mas admiro imenso a (vossa) amizade

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

eu tenho medo de 'se'...

E se for mesmo verdade? E se tiver que mudar o meu estilo de vida? Tiver de cortar nas minhas noitadas, nas coisas que me fazem mais feliz ao pé deles. Não é suposto eu ser muito nova para tal ser diagnosticado? Também é genético. é preocupante. detesto estar neste stress a imaginar se é ou não verdade. detesto ficar fechada em casa o dia todo e agora apetecer-me ir lá fora quando sei q o melhor q posso fazer é estar na cama, tomar estes comprimidos horriveis e grandes, e lutar para que esta gripe passe para ir descobrir se estou realmente a um passo de ficar pior. Já me disseram que pode ser temporário, coisa de anos, ou então eterno, os tratamentos servem para me ajudar, mas é dificil perceber e agir de modo a que isto depressa passe. Irrita-me. Eu sei que há pessoas numa situação pior q eu, pessoas que têm de lutar contra cancros, que apenas estão vivos porque ainda se ouve bater o coração mas q no fundo estão agarradas a paralisia, pessoas q estão piores q eu, eu sei, mas a mim custa-me a entender que se for verdade tenho mudar a minha vida, habituar-me a ela, nem que seja só durante uns anos, ou uns meses (o que era bom se fosse muito rápido), sei que isso também vai depender de mim, e é por depender de mim que também me preocupo.Acho que começo a dar em maluca, mas não quero cometer nenhuma loucura só quero ser a adolescente que tenho sido, é só isso

together we cry

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008


ESTOU COM DOR DE GARGANTA, BONITO. OBRIGADA FRIO

custa-me engolir a saliva, principalmente já para não falar q não dá jeito nenhum falar
sim estou muito chateada com isto

não estou indiferente



é complicado e é confuso, mas é o melhor. Se eu própria já entendi que nada é melhor que uma amizade até tu já deves ter-te apercebido. Ainda há muito para descobrir,talvez também contigo até
A vida é tão bela, faz como eu quando vai á luta, salta barreiras, enfrenta os sentimentos, sobe a escada da vida, se for preciso volta a descer para te aperceberes o quanto bom é estar lá mais em cima e que se é isso que queres faz para lá voltar(foi por isso que eu agi de certa maneira), ás vezes temos de a descer para a voltar a subir.

sim, admito estou feliz pela minha escolha, não foi um erro (não estou a pôr de parte o que sentes, eu também tenho sentimentos, não és o únicoo)

O meu brinquedo novo é o melhor companheiro 24h por dia! Ele dá-me música, joga comigo e tem sempre montes de novidades e coisas a descobrir. Transmite-me sempre boas e más coisas, é como um amigo, e é tão lindoooo PUPU

that's good!

Estou contente por ter conseguido fazer o meu teste de matemática, sem stressar, com calma, sem pressão e ter conseguido fazer a maioria das coisas (deixei 1 exercicio por fazer!), não posso estar convencida de que sou uma grande craque na disciplina nem que vou ter alte nota, mas sei que dei o meu melhor e sei q vou conseguir uma positiva!
Recebi ontem o meu de geologia e hoje o de português, foram positivos e também estou feliz por isso, pena ter-me apercebido que devia mesmo ter-me esforçado mais nos primeiros, mas pronto já estão feitos. e chega de falar de escola, já vi que estou mesmo a conseguir e quero conseguir mais

De tarde lá estive de serviço em casa e ainda pude sair para ir ver do meu vestido para a passagem de ano, vai ficar bué bonitoooooooooo! tudo para a nossa passagem de ano.

Meus amores, aqueles com quem não vou estar no dia 31 se me podesse dividir em muitas partes de certeza q também ficava com vocês! não vou deixar de gostar de vocês, cá havemos de combinar uma saídazinha para viver os velhos tempos!
Esta cidade agora tem 'pai natal' espalhado por muitos lados, já para não falar que são humanos! muito engraçado.

Este frio não dá com nada.

A liberdade voltou e a vida continua; trabalho e força de vontade vêm aí, estou prestes a alcançar alguns dos tais objectivos! as coisas correm minimamente bem, e há sempre lugar para uns sorrisos e para os tais momentos de amizade

domingo, 7 de dezembro de 2008

it doesn't mean I'll stop



Just because I'm losing
Doesn't mean I'm lost
Doesn't mean I'll stop
Doesn't mean I would cross

Just because I'm hurting
Doesn't mean I'm hurt
Doesn't mean I didn't get what I deserved
No better and no worse

I just got lost!
Every river that I tried to cross
Every door I ever tried was locked
Ohhh and I'm Just waiting 'til the shine wears off

You might be a big fish
In a little pond
Doesn't mean you've won
'Cause along may come
A bigger one

And you'll be lost!
Every river that you tried to cross
Every gun you ever held went off
Ohhh and I'm Just waiting until the firing's stopped
Ohhh and I'm Just waiting 'til the shine wears off

Ohhh and I'm Just waiting 'til the shine wears off
Ohhh and I'm Just waiting 'til the shine wears off
''Aprendi que...
ninguém é perfeito
enquanto não te apaixonas

Aprendi que...
as oportunidades nunca se perdem
aquelas que desperdiças, alguém as aproveita

Aprendi que...
quando te importas com rancores e amarguras
a felicidade vai para outra parte

Aprendi que...
devemos sempre dar palavras boas..
porque amanhã nunca se sabe
as que temos que ouvir.

Aprendi que...
um sorriso é uma maneira económica de melhorar o teu aspecto

Aprendi que...
não posso escolher como me sinto...
mas posso sempre fazer alguma coisa

Aprendi que...
todos querem viver no cimo da montanha...
mas toda a felicidade está durante a subida

Aprendi que...
temos que gozar da viagem
e não apenas pensar na chegada

Aprendi que...
o melhor é dar conselhos só em duas circunstancias...
quando são pedidos e quando deles e quando depende a vida

Aprendi que...
quanto menos tempo se desperdiça...
mais coisas posso fazer ''

Estes são uns excertos de um e-mail que recebi, e estas coisas fazem realmente sentido. O meu sentido da vida é vive-la ao máximo enquanto posso
Sinto-me todos os dias com novos objectivos e claro, com o objectivo de os concretizar.
Esta semana já nada vai contra o meu esforço e o meu empenho, a minha força de vontade, eu sei q vou conseguir.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Eu tenho que voltar aqui a dizer q sim acredito na astrologia. Há uma semana estava a ler o meu horoscopo para esta semana e ele dizia q eu ía ter muitas energias positivas, eu lá me sentia bem sim, mas realmente posso dizer q o balanço foi mesmo positivo.
A ronda de testes lá correu minimamente bem (só sei se foi bem ou não qd os receber) tirando o de fsq q foi o que fiz hoje. Hoje disseram-me assim 'já ponderou a hipótese de mudar de curso?' -já, mas não quero (ponto final) qual é a parte do esta é área que realmente gosto e a q tem mais saída? ahm? não me digam isso muita vez sim? eu não vou desistir talvez tenha é de conseguir é aplicar-me mais (estou a ponderar nisto, isso sim!) Mas para falar de escola posso terminar dizendo : para a semana vou fazer o meu teste de matemática (onde tenho q tirar de 15 para cima, portanto muito café para este f.d.s!) e o de filosofia (ponto final)

mas sabem o que é q é energia positiva? é isto :

chegou ás minhas mãos ontem, e sim tou bastante contente mesmo!

e também estou a ponderar em ir amanhã á emotion ver o nelson freitas, isso sim!

Agora gostava era de estar no cine-teatro a ver 'o Dia do Pai', que já começou á cerca de uma hora, mas eu nunca mais me lembrei disto (e o elenco até tinha um membro interessante)

Sim, esta semana voltei ao mac. Hoje foi uma bela de uma tarde, duas horas de explicação de matemática recuperadas de seguida no mac e no modelo com eles, já para não esquecer dos cafés! e as conversas também recompensaram bastante
'Quem não se deixou já embalar pela preguiça? Sim, essa mesma que é apontada pela igreja católica como um pecado mortal. Não se preocupe porque a preguiça é, afinal, benéfica, já que alivia o stress e as tensões do dia-a-dia. O segredo está em não se deixar tentar pelo excesso, pois preguiça a mais impede-nos de viver a vida em pleno (....) Tente perceber se esse cansaço e essa falta de energia não serão reflexo de falta de motivação ou ausência de esperança de uma vida melhor. Faça uma análise da sua vida, abrangendo todas as suas facetas, defina os seus objectivos e lute por eles. Lembre-se que nada se consegue sem esforço e dedicação. Com os objectivos já bem definidos (se quiser pode anotá-los por escrito, pois isso ajudá-lo-à a empenhar-se), planifique os seus afazeres de modo a gerir melhor o seu tempo; alimente-se convenientemente, sobretudo começando o dia com um bom pequeno-almoço e não ocupe a sua mente com pensamentos negativos. Seja optimista e mentalize-se que vai conseguir'

é isso, a culpa é toda da preguiça.
Não é desculpa, é mesmo. É por causa dela que eu não estudo e é por causa dela que eu não faço certas coisas, ela é a culpada não sou eu! mas no que toca a viver, tenho uma vida muito activa, atenção!

No que toca a objectivos, lá isso tenho uma lista que é grande como os testamentos.
E no que toca a optimismo, eu tenho bastante (e motivos para isso até os meus amigos e o meu agregado familiar me dão) portanto agora é só aplicar (?)

[mas quando?]