terça-feira, 9 de setembro de 2008

hoje apercebi-me q ás vezes ainda gostava de ser crianca para não ter noção destas coisas (normais, como alguém diz).. Estive uma semaninha na boinha e mal chego cá apercebo-me q o meu pai está mal de saude, para além de não conseguir deixar de beber, de não praticar desporto agora passa.se qq coisaa como um osso no fundo da coluna que está quase 2cm abaixo do normal,.. para além de medicamentos, vai ter de fazer mais exames, e se calhar ter q usar qq coisa no calcado de modo a q o ajude a repor aquilo ao normal... faz-me impressão imaginar e falar disto.. depois vem o meu tio q foi parar ao hospital ao q parece por causa de uma infecção q ainda não se sabe onde q lhe levou qq coisa ao coração q sabe.se lá ao certo como é esta história.. só me aptece vir aqui amanhã e dizer q está tudo bem, q não se passa nada, q nunca soube de tal coisa, que nem sei o qeq se passa, mas ao q parece isso só acontecia qd era mais pequena,.. mal se ouvia falar de problemas, não se tinha noção do q eram os problemas.. agora só ter um bocado de noção assusta-me.

eu já disse tanta vez q sempre me fui sentido uma sortuda de miúda, não estou a dizer q sou mimada, mas sei q a vida que levo é boa, se não muito boa em comparação a outras, mas ás vezes com palavras q se ouvem só me fazem sentir mais um peso, mais um problema, eu quero mesmo retribuir tudo o que me é dado, tudo o que tenho, com os que fizeram para que eu tivesse e nunca me faltasse nada. afinal a vida vira.se para nós com certas recaídas que nos fazem ver o mudo de várias maneiras...

um amigo diz q é uma questão de tempo para me ir habituando.. eu não me quero habituar, os problemas q ía tendo já me davam dores de cabeça suficientes, estes eram excusados de vir como bónus!

Sem comentários: